Você está aqui

Jordânia

Médicos de MSF no hospital de cirurgia reconstrutiva de Amã examinam o raio-X de um paciente.  (Foto: Faris Al-Jawad/MSF)
Jordânia
Paises em que MSF atua

Na Jordânia, Médicos Sem Fronteiras (MSF) oferece cirurgia reconstrutiva para pacientes feridos de guerra de todo o Oriente Médio e assistência médica para refugiados sírios e comunidades anfitriãs.

Apesar do fim das hostilidades no sul da Síria e da reabertura da fronteira com a Jordânia em Jaber em 2018, apenas uma pequena proporção de refugiados sírios voltou para suas casas. Ainda há mais de 650 mil refugiados sírios registrados na Jordânia, a maioria dos quais depende de assistência humanitária para atender às suas necessidades básicas.

No início de 2019, o governo jordaniano restabeleceu assistência médica subsidiada para refugiados sírios, que foi suspensa em 2018.

Cirurgia reconstrutiva em Amã

Nosso hospital de cirurgia reconstrutiva em Amã oferece atendimento abrangente a pacientes feridos de guerra em todo o Oriente Médio. Atendemos cerca de 200 pacientes por mês de lugares como Iêmen e Gaza, que têm que fazer longas e difíceis viagens para chegar ao hospital. Nossos serviços incluem cirurgia ortopédica, plástica e maxilo-facial, fisioterapia, apoio à saúde mental e próteses adequadas.

Desde 2016, temos usado a impressão 3D para criar dispositivos protéticos de membros superiores para pacientes. Essas próteses os ajudam a recuperar sua autonomia e realizar muitas das atividades cotidianas que seus ferimentos os impediram de fazer.

Doenças não transmissíveis

Nossas duas clínicas na província de Irbid fornecem aos sírios e jordanianos vulneráveis tratamento para doenças não transmissíveis, uma das principais causas de morte na região. As equipes oferecem assistência médica e mental, incluindo visitas domiciliares, apoio psicossocial, fisioterapia e educação em saúde, a pacientes com doenças como diabetes e hipertensão. Em 2019, realizamos 3.720 consultas de saúde mental individuais e em grupo.

Saúde mental

Em Irbid e Mafraq, oferecemos serviços de saúde mental para crianças e suas famílias que foram afetadas pela guerra na Síria ou suas consequências, como deslocamento e pobreza. Muitos dos

pacientes que atendemos agora não estão lutando tanto contra suas experiências da guerra, mas, sim, com o fato de ainda não poderem voltar para casa, e, como consequência, viverem em circunstâncias muito difíceis.

Oferecemos terapia individual, familiar e em duplas – em que pais e filhos são tratados juntos – e também realizamos sessões em grupo e atividades educativas.

Saúde materno-infantil

Em 2019, repassamos nosso projeto de cuidados neonatais em Irbid, que inauguramos em 2013 durante uma fase aguda da emergência de refugiados sírios, para o Corpo Médico Internacional. Entre 2013 e 2019, nossa equipe assistiu 17.272 partos, incluindo 1.365 cesarianas, e internou 2.779 recém-nascidos no hospital para tratamento.

Consultas ambulatoriais
Consultas individuais de saúde mental
Intervenções cirúrgicas de grande porte
30.700
80.070
1.080

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar