Você está aqui

Índia

Apesar da melhoria do acesso a cuidados de saúde na Índia, uma combinação de custos elevados, pobreza, exclusão social e um sistema público de saúde sobrecarregado impede as pessoas de procurarem assistência médica.

Médicos Sem Fronteiras (MSF) continua trabalhando com comunidades vulneráveis, oferecendo cuidados de saúde mental e tratamento para doenças infecciosas, tuberculose resistente a medicamentos (TB-DR), violência sexual e desnutrição.

Atendimento especializado para TB, HIV e hepatite C em Manipur

Manipur tem uma alta prevalência de HIV, hepatite C e de ambas as formas de TB sensíveis e resistentes a medicamentos. Devido à limitação dos serviços de saúde no estado, também apresenta elevada incidência de coinfecção, tornando os pacientes mais vulneráveis e o tratamento mais difícil.

Por meio de nossas clínicas em Churachandpur, Chakpikarong e Moreh, e uma nova clínica construída e inaugurada em 2019 em Chakpikarong, perto da fronteira com Mianmar, nossas equipes oferecem exames, diagnóstico e tratamento, bem como aconselhamento e educação de saúde para as três doenças.

Saúde mental em Jammu e Caxemira

Desde 2001, oferecemos serviços de aconselhamento em Jammu e Caxemira, onde anos de conflito afetaram profundamente os residentes. Isso é agravado pelo estigma associado a problemas de saúde mental. Em 2019, nossas equipes trabalharam em hospitais de quatro distritos - Srinagar, Baramulla, Pulwama e Bandipora - e avaliaram a situação de saúde mental na maior parte do resto do estado. Como resultado de nossas descobertas, estamos ampliando nossas atividades em nível comunitário nos distritos de Sopore e Pulwama.

Violência sexual e de gênero em Delhi

Em 2015, inauguramos uma clínica 24 horas no distrito de Jahangirpuri, no norte de Delhi, para vítimas de violência sexual e doméstica. Os serviços incluem profilaxia pós-exposição para prevenir HIV/Aids, gravidez indesejada e doenças sexualmente transmissíveis, bem como apoio psicossocial. Também mantemos serviços de aconselhamento no hospital distrital local.

Continuamos a trabalhar com as autoridades locais e organizações comunitárias para aumentar a consciência sobre nossos serviços ao longo de 2019. Também publicamos as descobertas iniciais de nossa pesquisa de Conhecimento, Atitudes, Práticas (KAP), que aumentará a compreensão da violência sexual e ajudará MSF e outros a abordá-la de maneira mais eficaz.

Combate ao HIV avançado em Bihar

Pessoas com HIV continuam enfrentando discriminação substancial e acesso limitado a cuidados nos sistemas de saúde público e privado. Bihar, um dos estados mais populosos da Índia, permanece longe das metas 90-90-90 do UNAIDS¹ para pessoas vivendo com HIV. Em 2019, MSF se concentrou na prestação de cuidados holísticos de alto nível para a população mais vulnerável e afetadas por HIV/Aids, isto é, aqueles com HIV avançado. Apoiamos o Ministério da Saúde na gestão de uma ala de internação dedicada a cuidados holísticos que garante que os pacientes sejam tratados de forma digna, enquanto fornece tratamento seguro e orientado e – quando apropriado – cuidados paliativos para suas infecções oportunistas potencialmente fatais. Paralelamente, trabalhamos com o governo e a Campanha de Acesso para melhorar as diretrizes e o acesso a diagnósticos e medicamentos essenciais que esses pacientes críticos necessitam.

Tratamento de desnutrição aguda grave em Jharkhand

MSF tem trabalhado com as autoridades de saúde em Jharkhand para identificar e tratar crianças com desnutrição aguda grave desde 2017.

Em 2019, tratamos aproximadamente mil crianças com desnutrição aguda grave por meio de 47 centros de nutrição ambulatorial em áreas rurais e tribais do estado. MSF também conduziu uma pesquisa operacional para identificar qual a circunferência do meio-do-braço superior (MUAC, um método de diagnóstico usado para avaliar o estado nutricional de uma criança) indica a necessidade de tratamento para crianças com desnutrição aguda grave. O objetivo é dar aos formuladores de políticas uma melhor oportunidade de ampliar a gestão desta condição na comunidade. Os resultados do estudo serão compartilhados com formuladores de políticas e profissionais de saúde para demonstrar um modelo para melhor identificar a desnutrição infantil.

Tratamento para TB-DR e HIV em Mumbai

Desde 1999, MSF trabalha em estreita colaboração com os programas nacionais de TB e HIV em Mumbai para reduzir a incidência e as taxas de mortalidade das doenças. Na ala M/Leste, que tem uma das taxas mais elevadas de TB na cidade, administramos uma clínica independente que oferece cuidados abrangente para pessoas com HIV e TB-DR, incluindo aquelas com padrões muito complexos de resistência a medicamentos. Esses pacientes necessitam de tratamentos difíceis de obter, seja no setor público ou no privado. Nosso projeto foi um dos primeiros locais no mundo a fornecer os novos medicamentos, bedaquilina e delamanida, para pacientes adultos e pediátricos com resistência avançada à TB-DR.

Além do trabalho de ponta realizado em nossa clínica, trabalhamos com o programa nacional de TB para fortalecer a gestão de TB-DR na ala M/Leste através do departamento ambulatorial de um hospital público. Também apoiamos um hospital de TB em Sewri, no sul de Mumbai – o maior da Ásia – com tratamento para casos complicados de TB-DR e assistência psicossocial. Em 2019, ampliamos nossas atividades de TB para oito postos de saúde na comunidade.

Tratamento para hepatite C em Uttar Pradesh

Desde 2017, apoiamos o Ministério da Saúde em Meerut, Uttar Pradesh, para desenvolver um programa eficaz, descentralizado e simplificado para diagnosticar e tratar a hepatite C. Transferimos

o programa ao ministério em 2019. Em dois anos, mais de 10 mil pessoas foram testadas para hepatite C. Dessas, 3.675 iniciaram o tratamento, 3.435 terminaram e 3.430 estão curadas. Entre agosto e dezembro de 2019, 433 influenciadores comunitários e prestadores de serviços (chefes de vilarejos, profissionais rurais, barbeiros), 1.156 profissionais comunitários de saúde e 2.978 alunos receberam treinamento básico para aumentar a conscientização sobre a prevenção da hepatite C no oeste de Uttar Pradesh.

Assistência médica a comunidades remotas

MSF mantém clínicas móveis que oferecem assistência médica geral para pessoas que vivem em vilarejos remotos em Andhra Pradesh, Chhattisgarh e Telangana, três estados no leste da Índia afetados por conflitos de longa duração e de baixa intensidade. Cuidados gerais de saúde, tratamento de malária, tuberculose e infecções respiratórias, cuidados pré e pós-natal, vacinas e encaminhamentos estão todos disponíveis por meio das clínicas. Também realizamos atividades de promoção da saúde e vigilância de doenças.

¹As metas 90-90-90 acordadas globalmente exigem que 90% das pessoas que vivem com HIV saibam sua condição; que 90% das pessoas com diagnóstico de HIV iniciem e permanecem em tratamento ARV; e que 90% das pessoas em tratamento ARV alcancem e mantenham uma carga viral indetectável até 2020.

Consultas ambulatoriais
Consultas individuais de saúde mental
Pessoas tratadas para hepatite C
55.000
4.540
1.390

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar