Você está aqui

Geórgia

Enfermeira no hospital regional de tuberculose de Zugdidi, na região de Samegrelo, na Geórgia, onde MSF começou a trabalhar em 2006.(Foto: Daro Sulakauri/MSF)
Geórgia
Paises em que MSF atua

Depois de 25 anos na Geórgia, as atividades de Médicos Sem Fronteiras (MSF), que se concentraram principalmente no tratamento da tuberculose multirresistente a medicamentos (TB- MDR), estão quase concluídas no país.

A Geórgia é um dos 30 países com as taxas mais altas de TB-MDR do mundo. Inicialmente, entre 1993 e 1994, MSF apoiou as atividades de combate à TB nas regiões da Abkházia e Ossétia do Sul, e, entre 2001 e 2014, o tratamento da TB resistente a medicamentos (TB-DR) na Abkházia.

Em 2014, começamos a apoiar o uso da bedaquilina na Geórgia por meio do mecanismo de uso compassivo, através do qual pacientes com condições de risco de vida obtêm acesso a medicamentos experimentais. No ano seguinte, a Geórgia se tornou um dos 17 países participantes do estudo observacional com bedaquilina e delamanida, lançado pela parceria endTB, que tem o objetivo de encontrar tratamentos mais breves, menos tóxicos e mais eficazes para a TB resistente a medicamentos. Um total de 297 pacientes foram incluídos neste estudo. Em 2017, o primeiro paciente foi inscrito no ensaio clínico da endTB - um ensaio randomizado que se seguiu ao estudo endTB na busca por um melhor tratamento para TB-MDR.

Atualmente, a Geórgia é um dos quatro países com alta carga de TB-MDR a ter implementado regimes totalmente orais para mais de 95% dos pacientes de TB-MDR.

MSF começou a trabalhar na Geórgia em 1993 para fornecer cuidados de saúde a pessoas afetadas por deslocamentos internos e conflitos. As atividades incluíram cirurgia, vacinação e fornecimento de medicamentos para unidades de saúde. Nos anos seguintes, prestamos assistência a refugiados chechenos no Vale Pankisi, administrando programas médicos e cirúrgicos, bem como doando medicamentos. A partir de 2000, expandimos nossas atividades para incluir assistência médica geral para pessoas vulneráveis e tratamento para leishmaniose visceral.

Quando os últimos pacientes do ensaio da endTB completarem seu acompanhamento em 2020, os programas de MSF na Geórgia serão encerrados.

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar